O Movimento Negro Brasileiro perde um de seus maiores ícones!

Por Walter Brito

Morreu ontem no Rio de Janeiro, Zózimo Bulbul. Junto com ele foi um pedaço da história das lutas sociais e do movimento negro brasileiro. Ator e cineasta dos bons, a sua luta sempre foi pela integração do negro no processo de desenvolvimento do país. “Nós ajudamos a construir efetivamente o Brasil e não participamos de sua administração. Estamos fora dos principais cargos do serviço público e também na iniciativa privada,” bradava o militante negro.

Foi eleito certa vez no programa do Flávio Cavalcante, o negro mais bonito no Brasil. Morou nos Estados Unidos e conheceu de perto a luta do negro norte-americano contra o preconceito racial, ocasião em que manteve relações estreitas com líder Martin Luther King.

De volta ao Brasil, tive o prazer de conhecê-lo nos anos 80, na cidade do Rio de Janeiro, quando o Movimento Negro Unificado-MNU, reescrevia a história de lutas e conquistas de nossos antepassados, tendo como símbolo, o guerreiro Zumbi dos Palmares.

Foi Zózimo Bulbul, que nos apresentou; Abdias do Nascimento; Carlos Alberto de Oliveira-CAÓ; Paulo Moura; Semog; Ivanir; Renato Radical; Milton Gonçalves; Jorge Coutinho; Maria Alice; Suzete; Cadú; Grande Otelo; Glória Maria; Benedita da Silva; Pitanga; Vovô do Ilê; Juarez C. da Silva ; Alberto Jorge Silva Bonates; Raimunda Nonata Corrêa; Osvaldo Ribeiro; Januário Garcia; Léa Garcia; Zezé Mota; Edialeda Salgado do Nascimento; Jõasinho Trinta; Janete Alves, entre outros que ajudaram a mudar a história dos descendentes da África no Brasil.

Lembro-me ainda da homenagem que fizemos ao ator Grande Otelo, realizada no auditório do UniCeub em Brasília, em 1992, quando Zózimo Bulbul fez um dos mais importantes pronunciamentos da militância negra em nosso país. Na ocasião ele foi saudado de forma entusiasmada pelo então secretário da cultura da Presidência da República, Embaixador Sérgio Paulo Rouanet.

Temos a certeza que Bulbul fez tudo que pode pelo povo negro de nosso país e, partiu com sua missão cumprida.

Continue Lendo..