Pesquisa - Roriz 19,20% X Reguffe 17,10%

Roriz e Reguffe já disputam voto a voto em Brasília

(Foto: Joaquim Roriz e Reguffe)

Por: Walter Brito

A eleição de 2014 está nas ruas do Distrito Federal, devido ao desgaste sofrido pelo governador Agnelo, que não conseguiu colocar a casa em ordem como prometeu na campanha de 2010, principalmente na área da saúde, de onde o governador é oriundo. Vale ressaltar que Agnelo é médico cirurgião, com passagem por diversos hospitais de Brasília, no Plano Piloto e também nos hospitais do Gama. O povo clama por atendimentos em hospitais, de todas as unidades administrativas do Distrito Federal, onde os equipamentos se encontram defasados e, a falta de medicamentos é uma constante. O número insuficiente de profissionais da saúde como: Médicos, enfermeiros, técnicos e atendentes , também faz parte do caos que se encontra a saúde pública no Distrito Federal

Pesquisa de opinião realizada pelo Instituto O Parlamento, entre os dias 13 e 16 de abril, quando foram ouvidos 1 mil e 200 eleitores, em todas as regiões administrativas do DF, mostra disputa acirrada entre Joaquim Roriz com 19,20% de intenção de votos, contra Reguffe do PDT, que pontuou com 17,10% . A terceira colocada é a pré – candidata do PSD Eliana Pedrosa com 10,80% . Aparece em seguida o senador Cristovam Buarque do PDT com 9,6%. O governador Agnelo Queiroz do PT é o quinto colocado com 9,40%, enquanto que o senador Gim Argello aparece com 8,6%. O deputado federal Luiz Pitiman do PMDB, obteve 6,20% dos eleitores de Brasília. O ministro do TCU Valmir Campelo, sem partido e, que está prestes a se aposentar pela compulsória é citado por 5,10% do eleitorado, ficando em último lugar o vice – governador Tadeu Filippelli, que pontuou na pesquisa com 4,80%. 4,70% dos entrevistados disseram que votariam em outros candidatos, enquanto que 4,80% não souberam responder.

A pesquisa de O parlamento também sugeriu na pesquisa estimulada, uma relação de cinco possíveis candidatos ao Senado. O resultado é o seguinte: Reguffe do PDT foi o mais citado, quando foi lembrado por 281 dos mil e duzentos entrevistados, ficando com um percentual de 23,42 %. Em segundo lugar com 230 citações e percentual de 19,17% destacou o senador do PTB Gim Argello. Já o deputado federal pelo PT e secretário Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano Geraldo Magela, pontuou na pesquisa com 10,17%, enquanto que seu colega de partido, o deputado distrital Chico Leite obteve 9,42% e o representante do DEM na disputa, o ex – deputado federal Alberto Fraga obteve 5,75%. Não responderam 25,25% dos entrevistados.

Apesar da baixa avaliação do governador Agnelo Queiroz, quando obteve 4.50% no quesito ótimo e 8,50% como um bom administrador, enquanto que 28% dos entrevistados disseram que Agnelo faz um governo regular, ele ainda é um forte candidato ao GDF, caso consiga passar para o segundo turno nas eleições do mês de outubro de 2014. Simulação feita pelo Instituto O Parlamento, quando Agnelo disputaria contra outros nove pré – candidatos, identificou que somente Joaquim Roriz venceria Agnelo Queiroz no segundo turno com 47,30% dos votos , enquanto que o atual governador obteve 34,30% e 18,40% do eleitorado não respondeu.

Joaquim Roriz tem tudo para ser candidato. Juridicamente por exemplo, ele não teve qualquer condenação em colegiado, o que lhe permite ser candidato em 2014, sem impedimento. Joaquim Roriz terá 78 anos durante a disputa do ano que vem. Vale lembrar que Miguel Arraes se elegeu governador de Pernambuco aos 78 anos e com a saúde debilitada. Ele sequer conseguia pronunciar os seus discursos em palanque, quando eram traduzidos para o povo pelo seu neto Eduardo Campos, atual governador do estado. Outro caso é o do ex – governador do Mato Grosso do Sul Wilson Barbosa Martins, que se elegeu em 1994 aos 78 anos. Vale lembrar que Brizola morreu aos 82 anos querendo ser presidente da República. Se depender do povo, Roriz e Reguffe serão os grandes protagonistas da política no DF no próximo ano.

Veja a Pesquisa