Roriz é imbatível em Brasília

Joaquim Roriz

Destino é coisa séria! Existem pessoas que nasceram para cumprir determinadas funções, que muitas vezes a nossa van-consciência é incapaz de conceber. No mundo da política, a prova disso mais recente foi a tragédia que vitimou Eduardo Campos e favoreceu Marina Silva. A Marina, que em 2010 obteve 20 milhões de votos para o Palácio do Planalto e nesta eleição foi impedida de viabilizar o seu “Rede Sustentabilidade”. Ela declinou de sua candidatura por meio de outras legendas que lhe foram oferecidas e, com muita humildade preferiu ser vice do ex-governador pernambucano, Eduardo Campos. Marina já pontuava muito bem e em segundo lugar para presidente, enquanto que, mostrava-se imbatível no DF, como sempre! Vale lembrar, que em 2010 ela obteve 41% dos votos na capital de todos os brasileiros e o primeiro lugar entre os presidenciáveis.

Continue lendo:

Versão digital

Versão impressa