O Brasil reza, ora e bate tambor por Santa Maria!

Por: Walter Brito

O Brasil é um estado laico, onde católicos; evangélicos; espíritas; umbandistas; macumbeiros; bahá’is; sufis; entre outros credos, fazem suas preces para o povo de Santa Maria, onde ocorreu a segunda maior tragédia brasileira, matando 231 pessoas e 106 feridos.

Tudo por causa da ineficiência e a ganância dos proprietários da boate Kiss, que como a famosa frase popular indica: “o brasileiro só fecha a porta, quando é roubado.” A boate com mais de mil pessoas em suas dependências, não tinha sequer, o sinalizador de saída, nem extintor de incêndio funcionando. Os seguranças, logicamente orientados pelos proprietários da casa noturna, fecharam a única porta na hora do incêndio, acreditando que o tumulto na Casa, tratava-se de uma briga entre estudantes, o que transformou a Kiss, num campo de concentração, tal qual os campos nazistas, pois a maioria das mortes, se deu por asfixia.

Tragédia interfere na política nacional

A série de denúncias contra o senador Renan Calheiros, com o objetivo de impedir sua eleição para presidência do Senado, deu-lhe uma sobrevida, visto que, os 194 milhões de brasileiros, desde ontem, esqueceram os males causados pela cracolândia em São Paulo, os políticos corruptos, o samba, o futebol e o carnaval. Está todo mundo numa corrente a favor dos gaúchos de Santa Maria, que ficaram sem rumo com a tragédia da boate Kiss. O povo brasileiro é solidário e por tabela, está se solidarizando com o senador do PMDB alagoano Renan Calheiros. Certamente ele escapará ileso das denúncias que lhe são atribuídas e deve se eleger mais uma vez para a presidência do Senado da República. Na foto, A imagem da boate Kiss, o prefeito de Santa Maria Cezar Schirmer e a presidenta Dilma Rousseff em Santa Maria. Continue Lendo..


Página Inicial