Pitiman chama Frejat para a briga


Por: Walter Brito

Pela animação do deputado federal Luiz Pitiman (PSDB), a campanha parece ter iniciado ontem, 16 de setembro, faltando exatos 19 dias para o pleito. Ele contratou mil cabos eleitorais e partiu para o confronto com Jofran Frejat (PR), substituto de Arruda ao Palácio do Buriti. Pitiman e Maria de Lurdes Abadia, candidata a deputada federal, inauguraram na quarta-feira ao meio dia, um comitê na 108 Sul, oportunidade em que concedeu entrevista exclusiva ao Cristal Pesquisas e para a Revista O Parlamento & Pesquisas: “O Arruda caiu e nós começamos a subir, pois o momento é de mudança e Jofran não representa isso. Ele está há muito tempo ausente do meio político, portanto ele está desatualizado, inclusive, com os dados sobre a saúde pública. Como ele chegou por último na disputa ao Palácio do Buriti, entra como calouro. Logo vai perceber que estamos mais preparados e atualizados. Duvido muito que o Arruda consiga transferir votos para ele, até porquê, quem tinha essa capacidade no Brasil, já se foi. Trata-se do saudoso Leonel de Moura Brizola, que transferiu seus votos do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul para o Lula. O Jofran vai levar um susto, quando perceber que entrou em uma canoa furada”, declarou.

Questionado pela reportagem sobre participação da ex-governadora Maria Abadia, candidata a deputada federal, Pitiman disse: “A história de Maria de Lourdes Abadia, se confunde com a própria história de Brasília, principalmente a história das pessoas mais humildes, de Ceilândia, Taguatinga e Samambaia. Ela é uma mulher experiente, ficha limpa, preparada e vai nos ajudar a governar Brasília em um novo tempo. Certamente, vai se eleger como uma das mais votadas para a Câmara Federal, onde será o esteio do povo brasiliense. Vamos governar Brasília por meio de um novo modelo de gestão, com mais eficiência e transparência no serviço público”, disse.

A respeito da saída de José Roberto Arruda do páreo, Pitiman comemorou: “Não tenho dúvidas que caiu um novo avião! Só que esse avião caiu no sábado passado, com a saída de Arruda da disputa. Por isso zerou o jogo! Nos próximos dias, irei de casa em casa nas 31 cidades de Brasília, mostrar ao povo que vamos colocar para funcionar o que está parado, principalmente na área da saúde e segurança pública, que não funcionam na capital brasileira. O povo está querendo mudanças já, e, nós representamos uma nova forma de governar. E mais, o povo de Brasília está acordando e percebendo que Agnelo não tem equipe e nada fez por Brasília, apesar dos milhões que recebeu do Governo Federal. O Jofran não está preparado para momento de crise. Hoje no DF, o desemprego é alto e a violência campeia nos quatro cantos da cidade; além do Entorno, que está virando uma “baixada fluminense”. O povo de Brasília quer um político que traga realizações e o Arruda tinha esse perfil. Entretanto, o seu candidato não empolga a população. Os brasilienses buscam aquele que possa fazer mudanças efetivas e não um profissional da política, pois, já ficou demonstrado que essa linha não funcionou e construiu o pior momento que o Distrito Federal já teve. Estou preparado para governar Brasília, e vamos resgatar o orgulho do brasiliense, por meio de saúde e educação de qualidade, segurança e pleno emprego”, concluiu.