O PDT de Brasília e o governo Rollemberg


George Michel e Rodrigo Rollemberg

Por: Walter Brito

O governador eleito do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), sabe que encontrará pela frente uma das maiores crises administrativas da história de Brasília, quando assumir o comando do Buriti no dia 1º de janeiro de 2015. Para ajudá-lo a tocar o barco, cuja rota está sem rumo, o pessebista contará com o PDT de Leonel Brizola, que tem quadros importantes entre os seus 20 mil filiados. Sob o comando de George Michel, amigo e companheiro de exílio de Brizola em Portugal, o PDT do DF está de prontidão, aguardando o chamamento do governador eleito

Entrevistamos com exclusividade para o Diário da Manhã o presidente do PDT no DF, Michel, que nos recebeu no gabinete da liderança do partido no Senado. O pedetista histórico discorreu sobre a verve afiada do velho caudilho Leonel Brizola; as virtudes que colocam Brizola como um grande estadista latino-americano e a relação ainda incipiente com o governador eleito, que teve o apoio do PDT.

Continue lendo:

Versão digital

Versão impressa