Direto de Manaus

Rodemarck: nome forte do Governo de transição em Manaus

Renata Fan e Galvão

Por Walter Brito

O prefeito eleito de Manaus, Arthur Neto, tem a responsabilidade de comandar um Governo que será a cara da oposição no país e, será também a referência do PSDB rumo ao Palácio do Planalto. Por isso, não poderá errar. Por outro lado, não se faz um bom governo sem dinheiro. Logo, Arthur precisará do apoio do governador amazonense Omar Azziz e da presidenta Dilma Rousseff. Vale lembrar que ambos apoiaram a adversária de Arthur Neto, a senadora Vanessa Grazziotin, para a prefeitura de Manaus.

O tucano disse que a eleição acabou e já pediu audiência para os dois adversários que comandam os cofres do Amazonas e da União. Arthur promete fazer um governo de ponta e que sirva de exemplo para todo o Brasil.

A escolha do professor universitário e economista consagrado, Rodemarck Castelo Branco, indica que o prefeito eleito de Manaus dá o primeiro passo de seu governo, com o pé direito. Castelo Branco é conhecido como um homem severo, respeitado e conhecedor profundo dos problemas da cidade, além de saber o segredo da máquina pública, que é a área financeira.

Rodemarck é um bom sinal, do novo governo que toma posse em janeiro na capital amazonense. O economista começa a trabalhar no dia 10 de novembro, quando serão anunciados seus quatro principais auxiliares. O secretariado será anunciado, somente após o natal.

  • A transição de Governo, já faz parte da administração moderna no Brasil, quando se anuncia o resultado de uma eleição para o executivo. O objetivo é assegurar que o governante eleito, possa receber informações e dados necessários, ao exercício da função, assim que tomar posse.

    Um dos coordenadores de Governo de transição que marcou de forma muito forte esse procedimento, foi o ex-ministro Antonio Palocci, coordenador geral do primeiro Governo de transição da era Lula. A presidenta Dilma, tornou-se conhecida nacionalmente, trabalhando sob a coordenação de Palocci na transição de FHC para Lula.

    O prefeito Arthur Neto, deve viajar nos próximos dias para descansar, quando passará por Minas Gerais, oportunidade em que conhecerá de perto, as principais diretrizes implementadas por Aécio Neves naquele estado e, tocadas pelo atual governador Antonio Anastasia. Artur disse que trará para Manaus, o que deu certo em Minas Gerais.