Dois Pernambucanos de olho no Planalto

Por Walter Brito

Com trajetórias diferentes, mais ambas bens construídas, Lula e Eduardo Campos (foto ao lado do Lula) vão dar o que falar nos próximos dois anos.

De um lado o filho de Dona Lindu, que chegou em São Paulo carregada de filhos e esperança de apenas, sobreviver.

Do outro lado o pernambucano nascido em berço de ouro em Recife e neto de Miguel Arraes, uns dos combatentes da ditadura militar e referência da política pernambucana e brasileira.

Um foi formado nas oficinas automobilísticas de São Bernado do Campo, enquanto que o outro, estudou nas melhores escolas do Brasil e do mundo.

O filho de Garanhuns, iniciou na política por meio dos sindicatos dos metalúrgicos. Enquanto que o recifense ganhou de presente à chefia de gabinete do avô governador.

O filho de Dona Lindu foi presidente duas vezes e tirou o Brasil da miséria. O neto de Arraes governa Pernambuco pelo segundo mandato e é referência na modernidade da gestão pública em nosso país. Lula tem como apelo popular o futebol e o seu velho Corinthias. Eduardo, dizem ter no DNA o samba e a poesia.

Ambos representam de fato: dois Brasis!

Se Lula eleger Haddad, certamente disputará o Planalto em 2014. Se ele perder, Eduardo Campos será a bola da vez das esquerdas, rumo ao Planalto em 2014.


Página Inicial