Lula na presidência do PT: Bolsonaro avança rumo ao Planalto!



Marcos Arruda diz que Rollemberg vai superar a crise em três meses


Celina Leão prestigia afrodescendentes


Prefeito do entorno lança Marconi para o Palácio do Planalto


Bola fora de Lula projetou Larry Rohter e consolidou o quarto poder!


O cidadão do mundo Roberto D’Avila: A expectativa da entrevista com Obama e Raul Castro


PDT vai contribuir com governo Rollemberg


CPI criada por Lula estimula Marconi a disputar o Planalto em 2018


O povo reza, ora, medita e bate tambor pela recuperação de Pelé!


“Dia de Zumbi nos quilombos de Goiás e do Brasil”


Marconi Perillo, o homem da camisa azul vem aí!


Reguffe: “O projeto “Geração Brasília” pode levar Rollemberg para o Buriti”


Reguffe: “Minha campanha foi feita de forma propositiva e discutindo ideias”


Rollemberg tem o melhor time para vencer o segundo turno no DF


Neto de Roriz pode ser o mais jovem na Câmara Federal


Melhor administrador da cidade de Brasília é o quarto para deputado distrital


Arruda é imbatível em Brasília


A tregetória de Gim Argello ao Senado


O movimento ArruMar


Pesquisa aponta Marina com 52,1% em Brasília

Marconi: 34,1 Iris: 28,3 Caiado: 36,2 Marina: 14,5


Joaquim Roriz fará transplante, dia 6 de agosto, em Brasília


A maior referência da saúde, Jofran Frejat: Tem tudo para ser o governador de Brasília!

Evangélicos entram pra valer na campanha de Gim Argello!

Renovação de 60% na Câmara Legislativa do DF

A simplicidade pode levar José Melo ao pódio no Amazonas

Luciana Genro vai crescer!

Pros quer reeleger Melo e participar do governo Marconi Perillo!

http://digital.dm.com.br/edicoes/20140622/12F74a61f41ecd45d710d17c6d74459002d.jpg

Colônia japonesa pode ter representante na Câmara Legislativa de Brasília

A influência de Joaquim Roriz na eleição de Brasília

Meirelles vem aí!

Mario Balotelli e Joaquim Barbosa no combate ao racismo

Eleitor do Entorno compara Jaqueline Roriz com Evita Perón

Sucessão em Brasília: Azul 34,63%, Vermelho 29,28%

Diário da Manhã


Jaqueline Roriz é nome forte para a disputa do Buriti

Diário da Manhã


Eleição polarizada em Brasília: Arruda 26,65% e Agnelo 14,93%

Diário da Manhã


Guarda Jânio distrital: Agora é pra valer!

Diário da Manhã


3 mil pessoas no lançamento de Gim para o Senado

Diário da Manhã


Doutor Michel é nome forte da segurança pública em Brasília

Diário da Manhã


As travessuras de Pelé, filho de seu Dondinho

Diário da Manhã


Marcos Arruda é cogitado para disputar o Palácio de Buriti

Diário da Manhã


Um dos melhores parlamentares do Brasil joga tudo na defesa do idoso!

Diário da Manhã


Discurso forte de Joe Valle empurra Reguffe para disputar o Senado

Diário da Manhã


A direita já tem candidato a presidente no Brasil

Diário da Manhã


Criador do Mangueiral quer mais 7.200 moradias para o povo de Brasília

Diário da Manhã


O senador Gim Argello cura a ressaca em Goiânia e começa campanha após Semana Santa

Diário da Manhã


A virada de José Melo rumo ao governo do Amazonas

Diário da Manhã


Liliane Roriz continua firme como vice de Arruda

Diário da Manhã


É possível duas mulheres no comando do Buriti: afirmou Eliana Pedrosa

Diário da Manhã


Formosa atrai novos investimentos

Diário da Manhã


A pré-candidatura de Friboi ultrapassa as fronteiras de Goiás

Diário da Manhã


Empate técnico entre Arruda e Reguffe

Diário da Manhã


Líder do DEM pede Caiado como senador

Diário da Manhã


A incerteza de Reguffe

Diário da Manhã


Arruda é o candidato de Roriz ao Buriti

Diário da Manhã


Representante de hotéis alternativos em Brasília diz que pretende se candidatar

Diário da Manhã


“O PMDB vale metade do governo Dilma”

Diário da Manhã


Aécio Neves pode mandar fazer o terno de posse

Diário da Manhã


Júnior Friboi é aclamado por lideranças do Nordeste Goiano

Diário da Manhã


Roriz diz que está pronto para vencer de novo

Diário da Manhã


Para onde caminha Arruda

Diário da Manhã


Ministro do TCU poderá disputar o governo de Brasília

Diário da Manhã


Joaquim Barbosa é um nome forte para o governo do Rio de Janeiro

Diário da Manhã


Tinga finge que tem o apoio da mídia: a sociedade finge que é solidária com o jogador do Cruzeiro!

Diário da Manhã


Chico Leite disputará prévias para o Senado no DF

Diário da Manhã


A união de Roriz e Arruda define candidatura de oposição em Brasília

Diário da Manhã


Desafio para as cidades: Emprego, renda e cidadania em Formosa

Diário da Manhã


Poder, política e futebol: que venha o hexa!

Diário da Manhã


Lupi e Manoel Dias envergonham brizolistas na TV!

Diário da Manhã


Joaquim Barbosa tem café no bule

Diário da Manhã


O grande desafio de Duda Mendonça

Diário da Manhã


Juventude do Brasil pede socorro: rolezinhos à vista

Diário da Manhã


O turismo será o maior legado deixado pela Copa do Mundo

Diário da Manhã


A honestidade é uma marca forte na política

Diário da Manhã


O ano de 2014

Diário da Manhã


Roberto Carlos ainda não falou sobre a mulher negra em suas músicas!

Diário da Manhã


Jovita Rosa e Celina Leão reforçam o PDT

Diário da Manhã


Zona Franca e Biotecnologia são os caminhos para o sucesso de Manaus

Diário da Manhã


O presidente do Democrata Jovem de Goiás é de Cristalina

Diário da Manhã


Dilma Rousseff acertou: O cartão de visita do Brasil na Copa é o Pelé

Diário da Manhã


O charme da candidatura de Bernadinho ao governo do Rio de Janeiro

Diário da Manhã


O Brasil é o terceiro país que mais assassina jornalistas

Diário da Manhã


Arena do Amazonas à espera de Dilma Rousseff

Diário da Manhã


Ricos procuram o caminho para fazer caridade

Diário da Manhã


2014: Ano com perspectivas de grandes resultados

Diário da Manhã


Gim Argello ajuda estreitar relacionamento Brasil x África

Diário da Manhã


Taxista e amigo do ministro Mercadante, quer vaga na Câmara Legislativa do DF

Diário da Manhã


Branco: O engenheiro goiano e a história do Maracanã

Diário da Manhã


Kajuru está no páreo

Diário da Manhã


Dilma: na Base Naval de Aratu e de olho nos palanques

Diário da Manhã


Roriz avança rumo ao Palácio do Buriti

Diário da Manhã


O destino de Reguffe

Diário da Manhã


O destino de Reguffe

Diário da Manhã


O economista e advogado Valdo Gualberto e Júnior Friboi foram homenageados em Formosa

Diário da Manhã


Ex-senador Luiz Estevão volta à cena política

Diário da Manhã


Ernesto Roller: Política só depois da Copa do Mundo

Diário da Manhã


Ernesto Roller: Política só depois da Copa do Mundo

Diário da Manhã


Júnior Friboi - "Eu nunca fui político e os números já nos favorecem"

Diário da Manhã


Votos do Entorno nas eleições de Brasília e Goiás

Diário da Manhã


Mercadante é o ministro do Entorno

Diário da Manhã


Fator Dilma nas eleições do Distrito Federal e Goiás

Diário da Manhã


Eliana Pedrosa sonha com Palácio do Buriti

Diário da Manhã


Valdir Raupp: Júnior Friboi entrou pela porta da frente no PMDB

Diário da Manhã


PT conbquista o apoio das igrejas evangélicas no DF

Diário da Manhã


Nordestinos almejam o Poder na capital da República!

Diário da Manhã


Réquiem para Nelson Mandela

Diário da Manhã


Itamar Barreto braço direito de Marconi no Entorno

Diário da Manhã


Briga para ser vice de Roriz, em Brasília

Diário da Manhã


Ex-ministro do TSE Fernando Neves recebe o título de Cidadão Honorário de Brasília!

Diário da Manhã


Pousadas de Brasília e copa do Mundo

Diário da Manhã


Rebecca Garcia é o Plano A de Omar Aziz para 2014

Diário da Manhã


Rollemberg e Vanderlan juntos no Entorno

Diário da Manhã


Local de trabalho de José Dirceu poderá virar ponto turístico

Diário da Manhã


PMDB e PT consolidam aliança para 2014 no DF

Diário da Manhã



Joaquim Barbosa já passou para a história

Diário da Manhã


Padilha promete dois hospitais para o Entorno

Diário da Manhã


Colega de Rogério Ceni no São Paulo Futebol Clube é prefeito em Goiás

Diário da Manhã


João Ricardo valoriza Goiás na disputa da AMB!

Diário da Manhã


Dilma fatura no mês de Zumbi!

Diário da Manhã


Flores 50 anos: Terra de meu pai!

Diário da Manhã


Líder do governo FHC endurece o jogo no Amozonas

Diário da Manhã


Presidente da Fecomércio em Brasília abre o jogo!

Diário da Manhã


Renata Fan vence Galvão Bueno: pesquisa nacional na internet

Diário da Manhã


Fabrício é nome de confiança de Júnior Friboi, na disputa de 2014

Diário da Manhã


Roriz aumenta percentual na eleição para governador de Brasília

Diário da Manhã


Célio Silveira poderá garantir vaga de deputado federal no Entorno

Diário da Manhã


Réquiem para o jornalista Antônio Pedreira, amigo do vice-presidente Michel Temer

Diário da Manhã


Vanderlan acerta dobradinha com Rollemberg no Entorno de Brasília

Diário da Manhã


Filha de Maurício Corrêa quebra o silêncio

Diário da Manhã


A polêmica eleição do iate Clube de Brasília


O plano B une oposição contra Agnelo Queiroz em Brasília

Diário da Manhã


Prefeito do Entorno, João de Deus se enquadra no perfil que o povo quer para deputado distrital


Rainha da Ficha Limpa já está no PDT de Brasília

A auditora do Ministério da Saúde, Jovita Rosa, uma das criadoras da Lei Ficha Limpa, ao lado do juiz Marlon Reis e outros, se filiou ao PDT no último dia 05 de setembro. Apresentada aos cardeais do partido em Brasília, pelo senador Pedro Taques do Mato Grosso e também filiado ao PDT, Jovita apareceu recentemente em uma pesquisa, como vice do deputado Antônio Reguffe, rumo ao Palácio do Buriti, cuja chapa ficou em segundo lugar; perdendo apenas para a chapa encabeçada por Joaquim Roriz.

Ganhadora de diversos prêmios, pela sua luta contra a corrupção e o impedimento do acesso de políticos ao poder com ficha suja, a auditora pensa em entrar para a política pela porta da frente. Sua preocupação maior é coma reforma política, que está em banho-maria no Congresso Nacional.

Com seu passado de lutas e serviços prestados a favor do povo brasiliense e do Brasil, a ativista das causas sociais, tem um perfil que poderá ajudar a mudar efetivamente o modo de fazer política do brasileiro, que de um modo geral, só pensa em se servir da política e não servir ao povo que precisa dela.

Entrevistada pela reportagem, Jovita Rosa argumentou que ficou feliz com a pesquisa, onde ela é citada como vice de Reguffe, cuja chapa ficou em segundo lugar na disputa pelo Palácio do Buriti. “Eu e Reguffe estamos no mesmo partido, o PDT de Leonel Brizola. Por isso, não fica bem uma chapa puro-sangue, apesar de ficar muito feliz com a lembrança dos eleitores de Brasília. Certamente Reguffe é disparado o melhor nome para disputar o GDF. Logo aparecerá um nome de peso para vice, surgido pela voz ditada pelos movimentos de rua. Entendo ainda que, política é a arte do bem comum, o que a maioria que está nela, despreza. Pretendo lutar no Congresso Nacional para mudar o conceito de fazer política em nosso País. Sou pré-candidata a deputada federal”, concluiu.

Conhecida como o Reguffe de saias, a militante das causas sociais foi a grande surpresa da última pesquisa feita no mês de setembro, pelo Instituto O Parlamento e registrada no TRE/DF. A pesquisa ouviu 2 mil eleitores em todas as regiões administrativas do Distrito Federal. Na pergunta estimulada para a Câmara Federal, os 8 primeiros citados foram os seguintes: José Roberto Arruda com 10,25% de intenção de votos; Jaqueline Roriz com 7,1%; Alberto Fraga com 4,55%; Eliana Pedrosa com 4,2%; Magela com 3,65%; Luiz Pitiman com 3,45; Izalci Lucas com 2,75% e Jovita Rosa com 2,75%. Como se vê, a única citada que não tem mandato é Jovita José Rosa, conhecida como rainha da Ficha Limpa, quando entregou 1,3 milhão de assinaturas, para o então presidente da Câmara Federal Michel Temer, pedindo a criação da referida lei que revolucionou a política brasileira.

A reportagem ouviu o senador Pedro Taques, sobre a pré-candidatura de Jovita: “Foi com muito prazer que apresentei Jovita Rosa à direção do PDT de Brasília. Acredito que sua luta será reconhecida nas urnas pelo povo brasiliense”, disse. O governadorável Antônio Reguffe (PDT), deputado federal mais votado do País, também se pronunciou: “Conheço bem a Jovita e seu trabalho a favor do povo brasileiro. Ela contará com todo o meu apoio para se eleger deputada federal em 2014”, arrematou.

(Walter Brito, jornalista)

Diário da Manhã


100 mil votos do Entorno serão decisivos na eleição de Brasília

As manifestações populares Brasil afora, certamente já laçaram os rumos das eleições de 2014 em todo o País. A instabilidade da economia, a corrupção desenfreada na maioria dos órgãos públicos federais, estaduais e municipais, representam o carro-chefe de uma crise que promete se arrastar até o dia 5 de outubro de 2014, quando acontecem as eleições para eleger os novos governantes da Nação.

Em Brasília não será diferente. Apesar das dificuldades enfrentadas pelo governador Agnelo Queiroz do PT, principalmente nas áreas da saúde e transporte público, responsáveis inclusive, pelos baixos índices de aprovação do governo local, o petista caminha firme rumo à reeleição. Pequisas qualitativas recentes indicam, que a impopularidade do governador, não o impede de ir para o segundo turno, contra a oposição, representada de um lado por Joaquim Roriz e do outro por Reguffe e Rodrigo Rollemberg.

Brasília promete ter eleição acirrada, quando os 100 mil votos dos eleitores que moram nos 22 municípios da Região Metropolitana do DF e votam na capital brasileira, serão decisivos no pleito. Foram esses votos, que levaram a dona Wesliam Roriz para o segundo turno, desafiando as pesquisas do Ibope, que previam a eleição de Agnelo no primeiro turno. Somente o instituto O Parlamento, acertou as previsões de segundo turno na capital brasileira em 2010.

Rollemberg se cacifa com votos do Entorno

De olho no Buriti e nos votos da região metropolitana de Brasília, o senador Rodrigo Rollemberg se cacifou e poderá ser a surpresa de 2014 com o reforço dos 22 municípios que circundam Brasília. Vale lembrar que, o senador brasiliense indicou para comandar a Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), o militante de seu partido, o PSB, Marcelo Dourado, dono do maior orçamento investido em toda região. Dourado é pré-candidato a deputado federal no DF pelo PSB. Além disso, o senador ajudou a eleger o seu correligionário, o Hildo do Candango, para a prefeitura de Águas Lindas-GO, onde cerca de 30 mil eleitores votam no Distrito Federal. Rollemberg é também fazendeiro na região de Cristalina e Luziânia.

Líder da região metropolitana do DF será candidato a distrital

A reportagem entrevistou o empresário brasiliense Bem Neto, ex-vice prefeito de Santo Antônio do Descoberto-GO, suplente de deputado estadual em Goiás e candidatíssimo a deputado distrital, com base nos votos da região metropolitana de Brasília. O empresário do mercado financeiro no DF, que começou sua história de vida, como seguidor do revolucionário Bispo Fragoso no Ceará, um dos maiores opositores da ditadura militar no nordeste brasileiro. “Com 18 anos de idade, enfrentamos a ditadura no Ceará, por meio de manifestações populares, como as que acontecem hoje em todo País. Acho que o povo não aguenta mais a corrupção e os desmandos da administração pública no Brasil. O povo exige mudança já! É com muita satisfação, que transferi o meu título eleitoral para Brasília, onde resido há mais de 37 anos. Sou suplente de deputado estadual em Goiás pelo PSB e, certamente continuarei defendendo a bandeira empunhada pelo competente governador de Pernambuco, o nosso candidato à presidência da República, Eduardo Campos. O reforço da Marina Silva será fundamental para implementarmos um projeto diferenciado e moderno para a administração pública em nosso País. Sou pré-candidato a deputado distrital, representando o Entorno de Brasília e com total apoio ao Rodrigo Rollemberg para o governo do Distrito Federal”, disse.

O empresário explica ainda, que se mudou para Brasília em 1976, quando não tinham eleições diretas do DF, o que o obrigou a lutar pela emancipação de Santo Antônio do Descoberto-GO, onde ele tem propriedade. O suplente de deputado estadual, considerado um dos brasilienses melhor relacionados no Entorno, pretende contar com apoio dos eleitores que moram nos municípios goianos ao redor do DF, principalmente de Santo Antônio do Descoberto, município pelo qual disputou a última eleição para prefeito. Acredita-se, que somente em Santo Antônio, cerca de 20 mil moradores, votam na capital da República. “Tenho pesquisas que mostram a insatisfação do povo com a Câmara Distrital. Morando há 37 anos em Brasília, fiz uma legião de amigos fiéis, que me incentivam no sentido de disputar uma vaga na Câmara Distrital pelo PSB, que é meu partido. O Rodrigo Rollemberg, tem uma trajetória vitoriosa, além de ser hoje, o político com maior trabalho em prol da região do Entorno. O Distrito Federal não reconhece o Entorno e Goiânia despreza nossa região, que é fundamental para a consolidação de Brasília como capital do País. Acho que chegou a hora, do governador do DF, administrar a cidade, de frente para a região metropolitana do DF. O Rodrigo quer isso. Eu estou com ele!”, concluiu Bem Neto.

(Walter Brito, jornalista)

Diário da Manhã


Formosa é o portal de entrada do Nordeste goiano

Diário da Manhã


Compadre de Lula diz que: “Marina e Eduardo Campos serão derrotados pelo PT”

Um dos mais combativos parlamentares da história política do Distrito Federal, o deputado distrital Chico Vigilante (PT), que tem um filho batizado pelo ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, foi abordado pela reportagem, quando fazia um apelo na tribuna da Câmara Legislativa do Distrito Federal, no sentido de alertar Dilma Rousseff, contra a pressão dos supostos lobistas da grande imprensa, que segundo ele, querem o aumento dos combustíveis no país, o que gera inflação. "Alguns colunistas da grande imprensa, que são lobistas dos investidores na Petrobras, só pensam no lucro e querem aumentar o preço do óleo diesel e da gasolina, quando afirmam com todas as letras, que a nossa estatal do petróleo vai quebrar, se o aumento não ocorrer; o que é uma mentira. Num país onde a ferrovia foi desprezada e tudo é movido por caminhões e carros, acho injusto com a população, o aumento dos combustíveis. Estou fazendo um apelo à presidenta Dilma, para não aceitar de forma alguma esta pressão, pois, com o aumento do preço da gasolina, a inflação vem à galope", declarou.

O deputado se posicionou também, referente às eleições internas do PT, que ocorrerão no dia 10 de novembro em todo o país: "Estou apoiando com muito orgulho o Ruy Falcão para presidente do PT nacional. Ele fez um belo trabalho e merece continuar à frente da legenda. Em Brasília, o primeiro pedido que fiz ao governador Agnelo (PT), foi para ele não interferir na eleição do PT local; até porque, temos um entendimento dentro do partido, para o apoio efetivo à sua reeleição para o governo do Distrito Federal em 2014. Em vistas disso, é desnecessário e também desgastante, sua participação no pleito. No DF, temos candidatos do mais alto valor, o que valoriza a disputa e certamente fortalecerá o vencedor. Estão no páreo os seguintes companheiros: Erika Kokay, o deputado Policarpo e Beto Almeida. Entretanto, apoio a Erika e concordo com o que ela diz, ou seja, vamos reencantar a militância. Ela é de fato a melhor candidata para o partido no Distrito Federal", disse.

Dobradinha PT/PMDB

Esta tudo resolvido - Filippelli será o nosso vice! "Ele teve um comportamento exemplar durante os 3 anos como vice-governador - é homem que sabe trabalhar em conjunto e é fundamental para a aliança PT/PMDB. Apesar das brigas que tivemos a vida inteira com o PMDB, o Filippelli foi sensato e capaz de contribuir com esta aliança, onde Brasília é quem ganhou. E mais, Filippelli teve uma luta importante para a reconstrução de um novo projeto para o Distrito Federal e Entorno. Acredito que Agnelo em 2018 poderá disputar o Senado ou outro cargo, quando Filippelli será nosso governador por 9 meses. Logo, o peemedebista irá para reeleição de governador, quando acredito firmemente, que o PT terá juízo e, retribuirá ao Filippelli, o que ele tem feito pela cidade e pela unidade PT/PMDB, bom para ambos os lados", arrematou.

Chico critica Marina e Eduardo Campos

O Brasil é um país muito engraçado, diz Chico Vigilante, referente ao estardalhaço feito pela mídia, com a adesão de Marina da Silva ao Projeto do PSB, comandado por Eduardo Campos: "Todo mundo sabe que Marina da Silva morava na floresta e foi alfabetizada aos 16 anos, por um gesto de boa vontade das freiras da igreja católica. Com sua inteligência, fez curso superior e transformou-se numa mulher brilhante. Ela foi eleita senadora pelo PT e escolhida como ministra do presidente Lula, quando construiu uma bela trajetória. Por outro lado, o Eduardo Campos foi ministro do presidente Lula, bem como Dilma Rousseff, que hoje é a presidenta do Brasil. Portanto, são todos frutos da liderança incontestável do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o meu compadre com muito orgulho. Acredito, que a união de Marina e Eduardo Campos, pode ter se transformado, num fato político forte para um certo momento nacional, mas, eles não terão êxitos na disputa para presidência da República. Entendo, que o povo brasileiro apesar de ter alguns setores muito engraçados, a sua maioria, principalmente a juventude, tem a consciência de que, o Lula e a Dilma, com apoio do PT e da base aliada, mudaram para melhor a face de nosso país", afirmou.

Projeto Político

Quanto ao seu projeto político, Chico Vigilante, disse ter decidido numa mesa de restaurante, ao lado do governador Agnelo: "O governador Agnelo me disse durante um almoço reservado, onde somente nós dois estávamos presentes, que será candidato à reeleição, quando preguntou pelo meu projeto político para 2014. Eu lhe respondi que continuarei firme na Câmara Distrital e na trincheira, defendendo o seu governo. Portanto, sou candidato à reeleição para a Câmara Legislativa do Distrito Federal", concluiu.

(Walter Brito, jornalista)

Diário da Manhã


Uma só vaga para o Senado: sinônimo de prestígio e dinheiro!

A disputa para o Senado em Brasília em 2014 promete ser a mais acirrada de sua história. O saudoso senador goiano Onofre Quinan dizia que: “o Senado é um pedacinho do céu, mas para chegar lá, precisa de muito prestígio e dinheiro, principalmente se a disputa for por uma vaga. Vale lembrar ainda que, a então vice-governadora Arlete Sampaio, muito prestigiada à época do governo Cristovam, teve grande chance de ser senadora. Ela inclusive, era tão querida nesse período pelo eleitorado de Brasília, quanto Reguffe é hoje. Eis que surge, direto da Câmara Legislativa do DF, Luiz Estavão, um novato da política e sem apoio das elites intelectuais do DF, mas muito dinheiro para mobilizar as massas da periferia de Brasília. Estevão obteve 460.947 votos enquanto Arlete, foi derrotada com 347.663 votos.

O quadro atual é muito semelhante ao do passado, conforme pesquisa publicada abaixo. Reguffe é o primeiro, enquanto Gim Argello do PTB é o segundo colocado. Em terceiro aparece Geraldo Magela do PT. Para o eleitor leigo, Antônio Reguffe do PDT é praticamente imbatível. Além, de ter sido o deputado federal mais votado proporcionalmente do Brasil, o seu mandato na Câmara, o coloca entre os primeiros do Congresso Nacional, além de ser o segundo colocado para governador de Brasília. Ele foi sem dúvidas o político brasiliense que mais capitalizou para si, os frutos dos movimentos de rua nos últimos meses. Entretanto, Reguffe não tem o domínio de seu partido, que tende a coligar com o PT, o que está fora de seus planos. Fala-se na possibilidade do parlamentar ser o candidato ao Senado, tendo como candidato ao governo Rodrigo Rollemberg do PSB. Neste caso, Reguffe terá dificuldades de conseguir patrocinadores para sua campanha, pois em Brasília a eleição majoritária será uma das mais caras do país, de acordo com analistas da política. Resta ao Reguffe, ser candidato ao governo do Distrito Federal, buscando coligação com partidos de esquerda de menor expressão em Brasília, como o PSTU e o PSol.

No caso da candidatura do senador Gim Argello, depende muito da composição entre os caciques da política de seu grupo ideológico, tais como: Joaquim Roriz, José Roberto Arruda, Luiz Pitiman, Eliana Pedrosa, Jofran Frejat, Paulo Octávio, Izalci Lucas, entre outros. Se este time, estiver unido e, Gim for o único candidato do grupo ao Senado, aliado à sua trajetória como o senador, que mais aprovou leis e trouxe dinheiro para Brasília e Entorno, em todos os tempos, o petebista tem grandes chances de crescer, principalmente pelo fato de contar com a simpatia do Palácio do Planalto, demonstrada pela presidenta Dilma, no evento realizado no aeroporto de Brasília, quando ela sancionou o projeto que transfere as concessões dos proprietários de táxi, para os seus descendentes. A medida provisória do projeto, foi relatada no Senado por Gim Argello, que capitalizou o sucesso da presidenta com os 600 mil taxistas do país, inclusive 3,4 mil em Brasília, cuja maioria já trabalha como divulgadores da pré-campanha de Gim à reeleição no Senado.

Geraldo Magela disputou voto a voto, o governo do DF contra Joaquim Roriz em 2002. Ele é o político mais prestigiado pelo Palácio do Buriti atualmente, comandando a poderosa secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal. Magela será o único candidato do PT com total apoio de Dilma Rousseff, Lula e a militância do partido, que é uma das mais aguerridas do país e, joga tudo na reta final da campanha.

Correm por fora ainda, as pré-candidaturas de Alberto Fraga do DEM e Olair Francisco do PTdoB.

Acreditamos que o goiano Onofre Quinan tinha razão, pois prestígio e dinheiro serão fundamentais para vencer o pleito.

(Walter Brito é jornalista)

Diário da Manhã