A volta de Obama

Renata Fan e Galvão

UOL

Duas pesquisas divulgadas nesta segunda-feira apontam empate técnico entre Barack Obama e o adversário republicano Mitt Romney na corrida pela Presidência dos Estados Unidos.

A oito dias da eleição, a sondagem do instituto Ipsos e da agência de notícias Reuters mostra que Obama tem 48% dos votos, contra 47% de Romney.

A vantagem de Obama está dentro da margem de erro do instituto, que é de 3,9 pontos percentuais. Cerca de 806 pessoas foram entrevistadas em todo o território americano até o último domingo (28).

De todos os consultados, 22% dos votantes registrados pretendem recorrer ao voto antecipado ou não presencial, assim como fez o presidente Obama na semana passada. Desses, 58% optarão pelo democrata, enquanto 39% votarão em Romney.

O resultado sai a oito dias da eleição, com os dois candidatos impedidos de aumentar seus esforços de campanha por causa do furacão Sandy, que atinge a costa leste americana.

Obama, que tinha eventos previstos para a Flórida e Ohio, teve que voltar a Washington para acompanhar os preparativos dos 14 Estados que podem ser afetados pela tempestade.

Romney também cancelou eventos de campanha em Estados da região devido ao mau tempo.

FLÓRIDA

Nesta segunda, a emissora de televisão CNN divulgou uma pesquisa específica sobre a Flórida, um dos Estados-pêndulo, que não possuem tendência eleitoral definida para nenhum dos dois partidos.

No Estado, os candidatos aparecem empatados, com vantagem para Romney dentro da margem de erro de 3,5 pontos percentuais. O republicano tem 50% dos votos, contra 49% de Obama.

O levantamento foi feito com 1.010 adultos, sendo 914 votantes registrados, por telefone entre quinta (25) e domingo (28).

A Flórida é considerada importante desde que seu colégio eleitoral definiu a vitória de George W. Bush na eleição de 2000.

O republicano, que governou o país por oito anos, ganhou a disputa por centenas de votos e definiu a eleição presidencial com Al Gore, que obteve mais votos a nível nacional, mas teve menor número de delegados.

Em 2004, Bush venceu com vantagem sobre John Kerry, enquanto em 2008 a vitória de Obama sobre John McCain foi com centenas de votos a mais.