Feedback

Netinho de Paula fala sobre as eleições de São Paulo

  • Netinho de Paula em resposta com o Cristal Pesquisas







  • Senador Alvaro Dias Dá o caminho de Demóstenes no Senado

  • Senador Alvaro Dias em resposta com o Cristal Pesquisas
















  • Daniel Echaniz agradece o Cristal Pesquisas

  • Daniel Echaniz










  • Artigo do jornalista Walter Brito repercute no programa Ana Maria Braga

    Ontem, quarta-feira (21), o big-brother Daniel Echaniz, o qual foi expulso da casa mais famosa do reality show da TV Globo, esteve no programa da Ana Maria Braga falando sobre sua participação no quadro e quais os verdadeiros motivos que levaram a sua saída.

    Para Daniel, ele foi vítima de racismo. Durante a entrevista o big-brother citou o artigo do jornalista Walter Brito, do site cristalpesquisas, que deu destaque ao assunto no período da polêmica. Entre os comentários de Daniel, ele fala que a imprensa brasileira não tem dado destaque ao assunto e frisa que Walter brito abordou a questão com o devido merecimento.

    Lembrando:

    O Racismo no Brasil é Institucional

  • Daniel Echaniz

  • Por Walter Brito

    Segundo enquete feita pelo nosso site junto a internautas de todo o país, durante o mês de fevereiro, detectou que o modelo Daniel Echaniz, expulso do Big Brother foi vítima de racismo.

    Daniel foi acusado de ter estuprado a sua colega de quarto e de cama Monique. Naquela madrugada fatídica, o povo brasileiro acompanhou o movimento anormal dos edredons, na cama em que se deitaram Daniel e Monique. O que é comum naquela casa, desde a criação do primeiro programa. Entretanto, o movimento dos edredons seria normal, se Daniel não fosse negro. É a opinião de 62,96% dos internautas brasileiros em todos os estados. Por outro lado, 25,93% entendeu que não houve racismo. Já 11,11% preferiu não se posicionar, ou seja, ficou em cima do muro.

    A mesma opinião da maioria dos internautas foi compactuada por Boninho, diretor e criador do programa Big Brother. Para quem não sabe, Boninho é filho de José Bonifácio Sobrinho, o Boni, ex-diretor geral da TV Globo e responsável pelo sucesso da emissora e pelos primeiros passos da televisão brasileira.

    Boninho disse o seguinte: ”Chamei Monique ao confessionário. – Ela não confirmou que teve sexo. Disse que tudo que aconteceu e o Brasil testemunhou pela TV, foi consensual. Na minha opinião é um caso de racismo”, concluiu.

    Boninho, um dos homens mais respeitados da comunicação nacional, só confirma o que todo mundo sabe e não quer admitir: O racismo no Brasil é institucional. A origem disso é a seguinte:

    Origem do Racismo no Brasil

    Em 1888, o povo negro brasileiro foi tirado das fazendas dos diversos rincões de nosso país e jogado nas ruas das cidades, principalmente nas capitais como Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. A desculpa era que a princesa Isabel tinha libertado os escravos. Não sabia o povo negro, que a partir dali aumentaria, de forma efetiva, o seu sofrimento. Aquele povo humilde e trabalhador, foi jogado nas ruas sem lenço e sem documento e, sem nenhum preparo para enfrentar o mercado de trabalho.

    Tudo isso, porque o sistema opressor e racista trocou a mão-de-obra escrava, composta por cidadãos que derramaram o sangue, para fincar as estacas que sustentaria um país chamado Brasil. Os escravos foram trocados por mão-de-obra especializada na agricultura vinda de diversas partes do mundo, como do Japão, da Europa e de outros países da América Latina. A ideia do sistema opressor e capitalista era uma só: lucrar e lucrar. Consequência disso é a maioria dos afrodescendentes nas prisões do Brasil; a maioria dos analfabetos; a maioria dos desdentados; a maioria dos desempregados; a maioria dos que nada tem para comer em suas casas.

    Ações Afirmativas

    A política de ações afirmativas, que teve notoriedade com a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial, de autoria do senador gaúcho Paulo Paim (PT), incomoda profundamente as elites que entendem que o negro ainda não pode sair da cozinha para a sala de visitas. Entretanto, entre os poderosos da elite brasileira, estão alguns parlamentares. Além de cortar 70% das questões positivas favoráveis ao povo negro brasileiro, no Estatuto da Igualdade Racial, alguns parlamentares continuam equivocadamente a afirmar que, o Brasil não precisa de cotas raciais, e sim sociais. Questionam veementemente, inclusive, as cotas para afrodescendentes nas universidades brasileiras.

    Todo mundo sabe, que numa corrida de 2 mil metros, o corredor que der a largada 500m à frente dos demais, tem mais possibilidades de vencer a corrida. O mesmo ocorreu quando há 124 anos passados, o povo negro foi jogado ao léu, sem nada saber, para se integrar no processo de desenvolvimento da nação brasileira. Este povo ficou na última fila no desenvolvimento. Faz-se, portanto, necessário à reparação dos erros do passado. As ações afirmativas são compensações mais do que válidas, para que o negro possa se equiparar as demais etnias no futuro.

    Dia de Zumbi

  • Nelson Mandela e Barack Obama

  • Dia 20 de novembro, rememoramos a morte de Zumbi dos Palmares, morto covardemente em 20 de novembro de 1695, numa emboscada pelos seus algozes. Zumbi é o símbolo da luta contra a opressão e pela igualdade racial em nosso país. No dia 20 de Novembro de 2011, completou 316 anos de sua morte. Os mesmos algozes que tombaram nosso líder, agora engravatados no Congresso Nacional, tentam impedir a ascensão daqueles que derramaram o sangue para a construção do Brasil e, são flagrantemente impedidos de participar de sua administração.

    Alegam eles que o negro não está preparado para o poder, pois não tem preparo intelectual, não tem formação política, não tem recursos para concorrer e ser eleito para um cargo público. Os detratores de Zumbi continuam de forma sofisticada, a tirar todos os direitos do negro de frequentar com dignidade uma universidade pública. Este sim é o caminho legal, para ter igualdade de direitos em qualquer esfera da administração pública, privada e do poder constituído. O Brasil e o mundo sabem que a Condoleezza Rice e o próprio Barack Obama, se beneficiaram, de uma forma ou de outra, das cotas raciais oferecidas há décadas nos Estados Unidos da América.

    A lei para inglês ver

  • Valeu a pena Caó! Ex-deputado Carlos Alberto de Oliveira

  • Como se vê, o racismo no Brasil é institucional e os diversos casos de repercussão, inclusive internacional, como o que ocorreu com o jogador Grafite, discriminado pelo argentino Leandro Desábato, não são punidos. Ocorreu também com o jogador do Cruzeiro Eli Carlos, chamado de macaco pelo argentino Max Lópes. O caso do piloto da Transbrasil, Sérgio Arquimedes Pacheco da Cruz, discriminado e desrespeitado pelo então deputado federal Remi Trinta é mais um exemplo, que ocorre no dia-a-dia em nosso país.

    Por outro lado, a lei que pune os crimes de racismo, 7716/89-lei Caó, criada pelo então deputado federal do Rio de Janeiro e militante inconteste da causa negra, Carlos Alberto de Oliveira, o Caó, sempre foi impedida de ser aplicada.

  • Rosa Parks

  • O mundo evoluiu. Nelson Mandela, que ficou preso por 27 anos num cárcere privado na África do Sul por não aceitar o racismo, saiu da prisão e, tornou-se o melhor presidente que a África do Sul já teve.

    O país que discriminou a negra Rosa Parks, que se recusou a ceder o seu assento num ônibus, elegeu Obama, presidente da República e poderá reelegê-lo em 2012.

    Enquanto isso no Brasil, o congresso cortou 70% do Estatuto da Igualdade Racial, para legitimar o racismo e continuar impedindo que negros como Daniel Echaniz, se relacione com uma branquinha na TV, mesmo que seja debaixo dos edredons. É a opinião de 62,96% dos internautas do país.

    Fica claro que o povo tem consciência e aceita mudança. Mas, as instituições, especialmente as governamentais, jogam tudo para debaixo do tapete.


    Deputado Estadual Bruno Peixoto, apoia Sônia Chaves.

  • Deputado estadual Bruno Peixoto







  • Deputado federal Valdivino de Oliveira

  • Deputado federal Valdivino de Oliveira








  • Fundação Geórgia Cristina

  • Vice-prefeita Fátima, prefeito Luiz Attié, Sandra Contadora e Ênio Dionatam

  • Entendemos que é uma obrigação de todos nós seres humanos, sermos solidários às pessoas que sofrem com o câncer, esse mal que ceifa milhares de vida mundo a fora todos os anos. Ainda não encontramos de forma efetiva a cura do Câncer, entretanto, a prevenção é uma saída. De acordo com dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, 11,7 milhões de americanos sobreviveram a algum tipo de câncer. Lembrando que em 1971, esse número era de apenas três milhões, o que diz as taxas de sobrevivência foram quase quadruplicadas. Temos notícias de que com o avanço da medicina, mais da metade dos casos de câncer, tratado em estágio inicial tem cura.

    É com propósito de combater o câncer em todos os seus estágios, que foi lançada a pedra fundamental do Hospital do Câncer, pela Fundação Geórgia Cristina no bairro Cristal em Cristalina. Geórgia Cristina, esposa de prefeito Luiz Attié. Ela faleceu vítima de câncer. Morreu lutando pela vida, com todas às suas forças. Mas, a doença foi mais forte. Por isto, a justa homenagem a ela: Fundação Geórgia Cristina.

    Foi desapropriada uma área de 20 hectares no bairro Cristal, para a edificação do Hospital do Câncer de Cristalina, cujo projeto foi carinhosamente feito por uma empresa especializada em layout de hospitais desta natureza. O primeiro bloco do hospital será o da hemodiálise. Pessoas famosas que sofreram de câncer, como o presidente Lula, a presidenta Dilma Rousseff, a presidenta da Argentina Cristina Kirchiner, Ana Maria Braga, Hebe Camargo, Gianecchini, dentre outros, foram avisados sobre a construção do hospital. Alguns já se colocaram à disposição para ajudar.

    O jornalista Walter Brito entrevistou o ator da Globo, deputado federal e cristalinense de nascimento e coração, Stepan Nercessian, que prometeu ajudar o hospital do câncer, lá na Câmara federal. O prefeito Luiz Attié, durante o evento da feijoada promovido pela Líder FM em prol da construção do Hospital do Câncer, anunciou o apoio do deputado federal e chefe da Casa Civil de Goiás, Vilmar Rocha. “Esse projeto surgiu de um sonho, com o objetivo de combater o mal que tombou muitos cristalinenses, brasileiros e milhares de pessoas mundo a fora. Com a ajuda de todos os segmentos da nossa cidade, das autoridades de nosso país e de pessoas solidárias a nossa causa, transformaremos o Hospital do Câncer de Cristalina, numa referência de combate a esta terrível doença”.

    Convocamos a todos e a todas, para esta empreitada solidária, que é combater o Câncer.

    Equipe Cristal Pesquisas.

    Silas Negreiros

  • Silas Negreiros

  • Quando cheguei em casa ontem e liguei a tv, o que vi logo foi a demissão de Luxemburgo e toda a sua diretoria de futebol.

    Lembrei logo da matéria que vi no blog Cristal às 10 da manhã. Lá, no Cristal Pesquisas, vi uma notícia de forma correta e com análise diferenciada dos jornalões.

    Vejo que o cristal Pesquisas tem de fato compromisso com a notícia, pois, apesar de seu editor, o jornalista Walter Brito ser vascaíno, ele escreveu a matéria: “Ronaldinho não tem caneta, mas tem bola no pé - A sua bolada vale mais que a canetada da presidenta Patrícia”, com a mesma emoção que escreveria sobre o time de São Januário. Parece que o Cristal Pesquisas é profético e tem realmente como o próprio nome indica, a bolinha de cristal. Tudo que foi publicado na matéria do Ronaldinho está ocorrendo.

    Parabéns a toda a equipe do Cristal Pesquisas: A notícia em cima do fato.

    Silas Negreiros estudante de Engenharia e blogueiro nas horas vagas: http://silasnc.blogspot.com/

    Vereador Djalma Araújo

  • Vereador Djalma







  • Daniel Godoy Lopes.

  • Daniel Godoy








  • Ricardo Marques

  • Ricardo Marques

  • Caro jornalista e amigo Walter Brito,

    Tenho por você grande admiração, sentimento nutrido ao longo dos últimos 10 anos. Aprendi a ter um carinho todo especial por sua mãe, a querida Dejanira e sua família em geral. Este é mais um empreendimento, ou melhor, uma renovação de sua astuta visão política. Desejo boa sorte e que seu tabernáculo, quase preciso, apresente os próximos destinatários do poder na nossa Capital e no Estado de Goiás.

    Conte sempre comigo!


    Jornalista Fausto Costa, fala sobre os perigos da internet

  • Fausto

  • Pessoal tenho notado certa instabilidade no Grupo Portal Canedo e algumas pessoas tb relataram isso, publicamos as postagens e se saímos do grupo quando entramos de novo a postagem sumiu aí atualizamos e vemos novamente a mensagem, algumas vezes não vemos a mensagem e se clicamos em Exibir todos os comentários a visualizamos, as vezes me parece que a postagem é excluída mesmo, bem doido mesmo, até aí tudo bem pode ou poderia ser um bug do facebook até comum, comum mas não constante como tem acontecido, mas meu perfil pessoal também está meio estranho, coisa que não estou notando em outros grupos e outros perfis que administro, pode ser apenas uma coincidência, mas penso que todos nós não devemos correr riscos desnecessários, conversando e trocando ideias com alguns amigos especialistas em redes e mídias sociais chegamos a conclusão que tanto o Grupo Portal Canedo quanto meu perfil pessoal estão sendo bombardeados por marcações de spam e coisa parecida, pessoas pouco acostumadas a um processo democrático estão tentando me calar e o pior nos calar através dos grupos. Com isso tudo e algo mais tomei a decisão de não aceitar mais perfis fakes no Grupo Portal Canedo e em todos os grupos que administro, à partir desse momento nenhum perfil fake será aceito e tb não aceitarei solicitações de amizades de perfis fakes no meu perfil então não percam tempo fakes me adicionando não aceitarei mais perfis sem identificação, posso até aceitar pessoas desconhecidas mas fakes nunca mais e no grupo não adianta nenhum dos membros add um fake que eu vou exclui-lo, essa é a regra do Grupo: não aceitamos perfis fakes no Grupo. Os fakes que já estão no grupo não serão excluídos desde que seu anonimato não prejudique o grupo, mas como falei nenhum fake será aceito daqui em diante no grupo, para quem por ventura não saiba o que é um fake? fake é um perfil sem identificação geralmente criado para atacar ou defender alguém ou uma idéia a todo custo sem ética ou respeito algum. e isso não é censura afinal fakes não tem identidade portanto não tem direito, se quiser reclamar que se revele. e aconselho a todos a também não aceitar perfis fakes em seu perfil, talvez num 1° momento ele esteja falando algo que vá de encontro ao que vc quer ouvir mas pode ser um tiro no pé, quando vc ver seu perfil tem 10, 15 fakes e se eles resolverem que tem que te prejudicar, conseguem até te bloquear se forem te denunciando e marcando como spam ou abuso, não aceitem perfis fakes. Mas com isso não tenha preconceito com perfis impessoais ou de empresas. por exemplo a Ausc Canedo não é um fake é um perfil impessoal perfeitamente identificável administrado pelo nosso amigo Pedro Henrique, esses assim são muito bem vindos. o perfil Ilha Das Havaianas é o perfil de uma empresa também muito bem vindos, agora fakes são perfis sem identidade, sem responsabilidade e respeito com o que falam, aí não dá me desculpem os fakes, mas fake não tem direito, só tem direito quem tem identidade e se responsabiliza pelo que fala, as eleições estão chegando se deixarmos o fakes de vários grupos políticos e interesses vão acabar com isso aqui, não podemos permitir que isso aconteça, imagina como será nas eleições se deixarmos assim, precisamos da contribuição de pessoas que podem até falar o que quiser, podem até ofender, mas que sabemos quem é e é responsável pelo que fala, desculpe o texto longo mas foi necessário, obrigado pela compreensão.

    Fausto Costa do Portal Canedo. Jornalista e pré-candidato a vereador em Senador Canedo-GO

    Vereadora Teresa Bergher

  • Teresa Bergher

  • Walter,

    Legítima e importante a candidatura de Romário se vier a se concretizar. O Rio precisa de mais candidatos interessados nas questões da Cidade.











    Senador Cristovam Buarque.

  • Senador Cristovam Buarque








  • Cecy Calacina dá sua Opinião.

  • Cecy Calacina

  • “ Amei o site, trabalho que traz uma abordagem com proposta ampla, desprendida, com transparência em prol do estimulo a leitura, conhecimento e a informação onde seu conteúdo bem atualizado e latente no cotidiano, envolvendo a política, o social e cultural, com objetivo e foco de raciocínio, onde estabelece a visão de conhecimentos considerados mais profundos, se tratando de um desenvolvimento mensurado, possibilitando ao público seleto as informações dos conteúdos, tratados com cronologia dos fatos, seriedade que a obra merece! Também é uma arte muito bem desenhada, com palco do criador e a mesa da criação onde produz melhor. Formado por um grupo critico com habilidades que sensibiliza ao leitor ganhar o dia. Em função do belíssimo trabalho, parabenizo ao Instituto Cristal, pelo conjunto da obra de apreciação a excelência". ”.

    Desenvolvo minhas atividades sempre focando nas leituras de pesquisas. Sou Psicóloga Clínica, com pós-graduação Psicologia Jurídica.

    Na guerra política de Cristalina, o vereador Marquinho Abrão dá a resposta.

  • Vereador Marquinho Abrão

  • “AMIGO WALTER BRITO, PARABÉNS PELO SITE CRISTALPESQUISAS E PELO TWITTER. COMO SEMPRE VOCÊ DEMONSTRA COMPETÊNCIA E SERIEDADE. QUANTO A REPORTAGEM DO PRES. DO PSC DE CRISTALINA DR. MAX, EU O RESPEITO MUITO, MAIS AGORA ELE QUERER DIZER QUE O VER. MARQUINHO ABRÃO SAIU DERROTADO E PERDEU O APOIO DO PREFEITO, NÃO CONCORDO, PRIMEIRO QUE QUEM DECIDE QUEM GANHA OU PERDE ELEIÇÃO É O POVO DE CRISTALINA, E SOB O PREFEITO, MANTENHO UM RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL E DE RESPEITO. E QUANDO SE COLOCA QUE VOU PERDER A PRESIDÊNCIA DO PPS, ELE ESTÁ ENTRANDO EM PARTIDO QUE NÃO É DELE. TIVE 1949 VOTOS, 8,74 DOS VOTOS VÁLIDOS, O VEREADOR MAIS VOTADO DO ENTORNO E PELO PPS. E TENHO APOIO DA DIREÇÃO ESTADUAL E NACIONAL DO PPS”.

    AGRADEÇO AO AMIGO WALTER BRITO PELA ATENÇÃO.

    ABRAÇOS MARQUINHO ABRÃO!

  • Feedback

  • Página Inicial