Jaqueline Roriz dá a volta por cima

Por: Walter Brito

Ontem, dia 06/05/2013 foi o dia nacional do líder comunitário. A deputada federal de Brasília Jaqueline Roriz foi a anfitriã do evento que homenageou a classe no Plenário da Câmara Federal.

O evento reuniu mais de mil representantes de líderes comunitários de todas as cidades satélites, Plano Piloto e Entorno de Brasília. A mesa dos trabalhos foi dirigida inicialmente pelo ex-presidente do Congresso Nacional e deputado federal pelo PMDB do Ceará Mauro Benevides. Após a abertura dos trabalhos a anfitriã Jaqueline Roriz assumiu o comando do evento, que teve a participação do deputado Luiz Pitimam PMDB do DF, o ex-deputado federal Jofran Frejat , o deputado federal do DF Izalci Lucas do PSDB e também o ex-deputado federal do DF Alberto Fraga do DEM.

Jofran Frejat leu uma carta dirigida aos lideres comunitários enviada pelo ex-governador Joaquim Roriz. Ele disse à reportagem que: “Estou feliz e honrado em representar nesta solenidade o maior líder comunitário que Brasília já teve: Joaquim Domingos Roriz”, disse.

Jaqueline Roriz teve dificuldades no inicio de seu mandato, oportunidade em que foi ameaçada de cassação, acusada de envolvimento na Operação Caixa de Pandora. Sanado o problema, ela voltou ao trabalho, quando desempenhou com muita discrição, mas com firmeza, sua atividade como parlamentar do Distrito Federal. Tal qual o seu pai, Joaquim Roriz, a parlamentar valorizou as causas dos mais humildes, o que lhe rendeu o segundo lugar, na pesquisa estimulada feita pelo instituto Cristal e publicada na imprensa no dia 18 de Abril. A pesquisa refere-se a possível volta da parlamentar à Câmara Federal em 2014. Ela ficou atrás apenas do ex-governador José Roberto Arruda, conforme gráfico nesta página.

Entrevistada pela nossa reportagem, a filha de Joaquim Roriz afirmou: “Estou honrada em ter realizado um evento que homenageia aqueles que dizem o que é necessário para os governantes direcionar suas ações. O líder comunitário é um dos responsáveis pelos nossos mandatos. As pessoas que estão aqui hoje reverenciam também um dos mais importantes lideres comunitários do Distrito Federal, que foi Joaquim Roriz. Infelizmente o PT não entendeu a importância da participação de Joaquim Roriz aqui hoje, quando abraçaria cada um dos lideres que ajudaram e continuam ajudando efetivamente a consolidar Brasília, como a capital de todos os brasileiros. Disseram equivocadamente que Roriz usaria o evento de hoje, para fazer politica, o que não é verdade. Foi por isso também que ele não veio. Entretanto, o tiro saiu pela culatra e Roriz foi ovacionado pela multidão, o que mostra a sua força de homem simples e preocupado com os mais humildes”, declarou.

Questionada se Joaquim Roriz será candidato ao governo do Distrito Federal em 2014, ela argumentou: “Quem vai dizer isso é o povo. Se formos analisar pela manifestação de hoje, o povo já está pedindo a sua volta um ano e meio antes da eleição. Pode ser que se trata da incompetência do PT que não sabe administrar e faz tudo ao contrario. Não posso admitir que um gestor público gaste 2 bilhões de reais para reconstruir um Estádio, enquanto que os hospitais da capital brasileira não têm medicamentos, o atendimento é precário e os equipamentos estão sucateados. Temos a honra hoje de receber para ajudar a dirigir nossos trabalhos no dia nacional do líder comunitário, o homem que revolucionou a saúde no Distrito Federal e criou inclusive, a Faculdade de Medicina de Brasília, o ex-secretário de saúde de Joaquim Roriz, o nosso Jofran Frejat. Esse sim, entende de saúde no Distrito Federal”.

Nathanry Osório

A líder comunitária e ex-administradora do Lago Sul, Nathanry Osório fez questão de dar a sua opinião sobre o evento organizado por Jaqueline Roriz no Plenário da Câmara Federal: “Quero parabenizar a Jaqueline por esse evento. Só existe líder comunitário se houver estímulo. Líder não é aquele que trabalha por dez, mas faz dez trabalharem com ele. Joaquim Roriz simboliza tudo isso. Ele foi e é líder de todas as classes sociais do Distrito Federal: da Ceilândia à Planaltina, de Santa Maria ao Guará e, da Vila Planalto ao Lago Sul. O que ele fez pelos mais humildes do DF, nós brasilienses e o Brasil conhecem. Entretanto, uma das pontes mais belas que o mundo conhece é a ponte JK feita também por ele. Por isso eu reafirmo; no dia nacional do líder comunitário, Roriz é a maior referência. Ele é extraordinário e mais, o seu governo foi o único em que as lideranças comunitárias foram ouvidas. Tudo indica que o povo do Lago Sul, das Satélites e do Entorno querem ele de novo”, concluiu.

Joãozinho do setor O

Joãozinho do setor O na Ceilândia, considerado um dos mais importantes lideres comunitarios de Brasilia, disse o seguinte: “Jaqueline acertou ao homenagear o lider comunitario, que é o elo entre o governo e o povo. Observei entre a multidão no Plenario da Câmara, o interesse do povo na volta ao poder, do maior lider comunitario de todos os tempos de Brasília que é Joaquim Roriz. Tenho fé em Deus que ele voltará a ser governador do DF, ocasião que os pobres terão novamente vez e voz”, afirmou.

Movimento Negro

Outro lider comunitário que se manifestou de forma entusiasmada ontem no Plenário da Câmara foi o ex-presidente do Conselho do Negro no Distrito Federal João Bilola: “Jaqueline é uma mulher fantástica. Depois de ser execrada injustamente pela imprensa e o PT, ela volta como a grande dama dos mais humildes e nos braços do povo, quando homenageia o segmento mais ativo de uma sociedade, que é o lider comunitário. Basta lembrar que o homem mais poderoso do mundo, Barack Obama começou na sua vida pública como lider comunitário e chegou à Casa Branca. Como militante da Causa Negra e representante dos segmentos mais humildes do Guará, me senti representado no evento, quando o ex-deputado Jofran Frejat leu a carta de Joaquim Roriz insinuando que a batalha continua. Tudo indica que ele está pronto para enfrentar mais uma eleição para governador. Eu e meus amigos do Guará e de todo o Distrito Federal estaremos juntos com o mais importante lider comunitário de Brasília. Vamos elegê-lo novamente para o Buriti em 2014”.