Edison Garcia quer a volta do Iate sonhado por JK

(Edison Garcia, candidato a comodoro do Iate Clube-DF)

Por: Walter Brito

O Iate Clube de Brasília é considerado o melhor clube do Brasil, e teve como um de seus fundadores o ex-presidente da República Juscelino Kubitschek. Os seus associados vão hoje, 08/10/2013 às urnas, para escolher o seu novo comodoro. A disputa se dá entre duas chapas: A chapa Novos Tempos que tem como candidato Edison Antonio Britto Garcia (comodoro), Rodrigo Flávio Sá Roriz (1º vice-comodoro), Antonio Oscar Guimarães Lóssio (2º vice-comodoro). A sua concorrente é a chapa Sou Mais Iate, formada pelos seguintes candidatos: Julio Cesar Itacaramby (comodoro), Alberto Lasserre Kratzl Filho (1º vice-comodoro), Sebastião Marques Alonso Gonzales (2º vice-comodoro).

Com base em 50 entrevistas feitas junto aos associados do clube, de diversas atividades profissionais, o Cristal Pesquisas percebeu que a chapa Novos Tempos, tem uma proposta mais consistente para a modernização da administração do clube. Em vista disso, entrevistamos o candidato a comodoro, o procurador da AGU Edison Antonio Britto Garcia. Ele nos recebeu nas dependências do clube, ao lado do coordenador de sua campanha, Edson Mendonça, ex-comodoro do clube, Ronaldo Monte Rosa e do também procurador Eduardo Roriz; quando finalizavam as últimas estratégias para o grande embate de hoje. Ele começou contando sua história de vida, iniciada no próprio Iate Clube de Brasília: “É uma satisfação muito grande, falar para a família iatista, por meio do Cristal Pesquisas. A nossa luta é pelo resgate efetivo do clube, onde estou há 42 anos. Foi aqui, que comecei a minha vida, na escolinha de vela. Acho que o Optimist é muito importante na formação da personalidade da criança, porque na vela, a criança tem que tomar decisão, navegando sozinha, o que lhe dá autoestima e muita segurança. Depois dessa fase, desenvolvi outras atividades no lazer, vôlei e na peteca. Hoje tenho um hobie na náutica”.

Em seguida o dr Edigar Garcia nos disse o seguinte: “Meus companheiros nesse novo projeto, que denominamos Iate Rumo Certo 600, são pessoas tradicionais no clube. Entretanto, queremos acompanhar os novos tempos e exigimos mudanças já. A atual administração está no poder há 4 anos e, para melhorar faz-se necessário alternar o comando administrativo. A chapa dos nossos opositores, é composta por pessoas da atual administração, ou seja, representam a continuidade. Entendemos que é necessário e fundamental mudanças, no sentido de oxigenar as ideias e trazer modernas práticas de gestão, tais como: mais transparência, mais informações e principalmente, a prestação de contas de forma eficiente aos associados”, disse.

O Iate sonhado por JK

Questionado sobre a participação de Juscelino Kubitschek na fundação do clube, ele afirmou: “Para nossa honra, Juscelino Kubitschek foi um dos fundadores do Iate. Ele apoiou de forma efetiva o clube no seu inicio, como alternativa de lazer para aqueles que acreditavam em Brasília; para aqueles que vieram para a cidade atendendo o seu chamado e sua visão de futuro, para o desenvolvimento do Centro-Oeste, quando trouxe para o Planalto Central, a capital brasileira. Juscelino profetizou naquela oportunidade, que o Iate seria a sala de visitas de Brasília, como de fato é. O Iate já teve seus tempos áureos, pois aqui eram feitas as festas do aniversário da cidade; os eventos políticos, empresariais e sociais; inclusive, o tradicional baile da cidade. Tudo isso, se perdeu. Houve uma mudança de concepção. É exatamente esse Iate, que queremos resgatar, ou seja, o Iate com referencia de serviços, com qualidade de clube, o Iate da família e da sociedade de Brasília. Está na hora de resgatarmos o Iate que Juscelino Kubitschek sonhou”, declarou.

A disputa

Sobre o assunto, o procurador falou mais como advogado e político: “Quando não tínhamos eleições diretas em Brasília, era aqui e também na OAB, que as pessoas que gostam da política e suas estratégias, se manifestavam e engajavam na defesa de suas ideias. Eram de fato, as eleições que movimentavam a cidade, na busca de melhores opções de lazer para seus habitantes e desenvolvimento. Participei de diversas eleições vitoriosas na OAB/DF, como advogado que sou. Fui conselheiro, entretanto, hoje participo menos, mas estou numa comissão importante, que é a de Meio Ambiente. Lá, sou vice-presidente e trabalho na defesa de melhores dias para o Lago Paranoá, onde me criei e gosto de ficar ma beira do lago, contemplando a sua beleza, que é para nós um grande privilégio”, disse.

Propostas do projeto Iate Rumo Certo 600

Sobre as propostas de mudanças, o candidato Edison Garcia comentou alguns pontos: “A proposta inicial que é muito forte, pois trata-se da mudança de gestão e, mudança de paradigmas. Nós entendemos, que o Iate tem tido uma administração muito vocacionada para obras. Precisamos preservar o verde e não queremos vir ao Iate, nos sentir como se estivéssemos no setor comercial sul, cercado por edificações. Entendemos que o ponto fundamental é esse: Cessar obras, pois a cada dia temos uma obra diferente. Precisamos acabar com os tapumes nas dependências do clube. Precisamos também mudar o sistema de gerenciamento de licitações e contratos. É importante ressaltar que, todos os contratos de obras recentes foram, vencidos pela mesma empresa. Precisamos banir da administração do Iate, tais coincidências, quando todas as obras ficam na mão da mesma empreiteira.

Defendemos de forma efetiva, a preservação do verde, privilegiando sempre a natureza. Em vistas disso, criamos um programa novo, chamado Iate Sustentabilidade. Nós defendemos a qualidade da água do Lago Paranoá e sua preservação. Implantaremos programas de reciclagem de lixo, de resíduos sólidos, lixos secos e molhados, acompanhando os avanços da modernidade na área.

Uma outra proposta, refere-se a auditorias. Faremos auditoria independente, auditoria externa, não só nas contas atuais como nas futuras. Acho que o gestor que realiza um trabalho sério, não tem medo de auditoria, ao contrário, auditoria é muito importante para mostrar o caminho certo.

Novidades no projeto

Entusiasmado com inovações no projeto de sua chapa, Edison Garcia disse o seguinte: “Temos também duas novidades diferentes das propostas que existem hoje, e diferente também das propostas da chapa concorrente. Trata-se da criação de duas diretorias: Iate mulher e Iate Força Jovem. Essas duas diretorias, têm em comum, o princípio da formação de líderes. Nós queremos que as mulheres participem da administração do clube de forma efetiva. Os jovens precisam ser capacitados e estimulados, no sentido de assumir essa responsabilidade num futuro próximo.

Apoios

O candidato Edison Garcia disse que conta com o apoio das seguintes personalidades do clube: “Tenho a honra e o orgulho de ter na nossa coordenação de campanha, 4 dos mais respeitados ex-comodoros do Iate Clube: Ennius Muniz, George Raulino, Edson Mendonça e o Nelson Campos. Temos o apoio de 3 fundadores vivos do clube: Carlos Murilo Felício dos Santos , Álvaro Alberto de Araújo Sampaio e o Léo Sebastião David. Nos apoiam também, quase todos os ex-presidentes do Conselho Deliberativo. Todos eles, acreditam em nossa proposta, que demonstra mais segurança e capacidade de gerenciamento.

Apoio do ex-diretor social Indalecio

(Indalecio Secchi)

Alcançado pela reportagem, o ex-diretor social do Iate, disse que a chapa comandada por Edison Garcia será vitoriosa: “O Iate já foi eleito 4 vezes o melhor clube do Brasil. Precisamos agora de uma gestão voltada para os sócios. É isso que o Edison propõe. Acredito, que o nosso candidato, sairá das urnas do Iate com a vitória na mão. Ele é uma pessoa ética, competente, dedicado e, quer fazer uma renovação profunda na administração do clube. Edison Garcia conta com o meu apoio e a maioria de nossos associados”, concluiu.