Dilma aposta tudo no poder da máquina e no taco de Neymar

Por: Walter Brito

Preocupada com os 27 pontos que caiu na pesquisa em 3 semanas de protestos, a presidenta brasileira está em polvorosa. Depois de se indispor com um general da ABIN, que segundo fonte do Palácio do Planalto, foi uma das instituições culpadas por não fornecer informações antecipadas à presidenta sobre os volumes dos protestos que invadiram as ruas do Brasil. Dizem que Dilma também não está satisfeita com a assessoria de João Santana e a participação informal de Duda Mendonça, que opinaram sobre a contratação de médicos estrangeiros, cujo tema foi inserido no pronunciamento da Dilma na TV, o que culminou com protestos da classe Brasil afora. Fala-se na possibilidade da presidenta conversar com um consultor especializado em crises, que inclusive já trabalhou para o ex-presidente Menem e o famoso apresentador de TV Gugu Liberato, quando se viram em maus lençóis.

Tudo indica que está havendo controle rígido da imprensa, principalmente da televisão ao não divulgar amplamente as manifestações ocorridas após o jogo da seleção ontem, em especial nas proximidades do Maracanã. Outra manipulação clara, se refere a ausência da página dos manifestantes no Facebook que anda desaparecida. Enquanto isso, recebemos em nosso site, informe da presidência da República que segundo a própria fonte, teve o dedo do poder maior da República. Veja abaixo:

“Presidenta parabeniza Seleção pelo tetracampeonato da Copa das Confederações

Neste dia histórico para o futebol brasileiro, envio meus parabéns a todos os jogadores e à equipe técnica da nossa Seleção pela conquista do tetracampeonato da Copa das Confederações.

Nesta campanha memorável, nossos atletas mostraram alegria, criatividade, espírito de equipe e união que conquistaram todos os brasileiros e proporcionaram ao mundo um grande espetáculo. Eu me somo hoje a todos os brasileiros na comemoração dessa grande vitória.

Dilma Rousseff

Presidenta da República Federativa do Brasil”.

Estamos felizes com a fantástica vitória do Brasil ontem no Maracanã, quando Neymar tornou-se o melhor jogador da Copa das Confederações, o que nos orgulha sobremaneira. Entretanto, o Brasil não é só futebol e a vida continua.

Esperamos que a grande imprensa divulgue como antes, os fatos que são notícia e interessam ao povo brasileiro. Desejamos também que a presidenta Dilma Rousseff encontre o melhor caminho, para colocar o Brasil nos trilhos do desenvolvimento.