100.000 votos do Entorno serão decisivos na eleição de Brasília

(Rodrigo Rollemberg poderá ser a grande supresa para o GDF. O empresário Bem Neto, promete trazer mais votos do Entorno para eleger Rollenberg governador)

Por: Walter Brito

As manifestações populares Brasil afora, certamente já laçaram os rumos das eleições de 2014 em todo o país. A instabilidade da economia, a corrupção desenfreada na maioria dos órgãos públicos federais, estaduais e municipais, representam o carro-chefe de uma crise que promete se arrastar até o dia 7 de outubro de 2014, quando acontecem as eleições para eleger os novos governantes da nação.

Em Brasília não será diferente. Apesar das dificuldades enfrentadas pelo governador Agnelo Queiroz do PT, principalmente nas áreas da saúde e transporte público, responsáveis inclusive, pelos baixos índices de aprovação do governo local, o petista caminha firme rumo à reeleição. Pequisas qualitativas recentes indicam, que a impopularidade do governador, não o impede de ir para o segundo turno, contra a oposição, representada de um lado por Joaquim Roriz e do outro por Reguffe e Rodrigo Rollemberg.

Brasília promete ter eleição acirrada, quando os 100 mil votos dos eleitores que moram nos 22 municípios da Região Metropolitana do DF e votam na capital brasileira, serão decisivos no pleito. Foram esses votos, que levaram a dona Wesliam Roriz para o segundo turno, desafiando as pesquisas do IBOPE, que previam a eleição de Agnelo no primeiro turno.

Rollemberg se cacifa com votos do Entorno

De olho no Buriti e nos votos do Entorno, o senador Rodrigo Rollemberg se cacifou na Região e poderá ser a surpresa de 2014 com o reforço dos 22 municípios que circundam Brasília. Vale lembrar que, o senador brasiliense indicou para comandar a Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO), o militante de seu partido, o PSB, o dr. Marcelo Dourado, dono do maior orçamento investido em toda região. Além disso, o senador ajudou a eleger o seu correligionário, o Hildo do Candango, para a prefeitura de Águas Lindas-GO, onde cerca de 30.000 eleitores votam no Distrito Federal. Rollemberg é também fazendeiro na região de Cristalina e Luziânia.

Líder da região Metropolitana do DF será candidato a distrital

A reportagem entrevistou o empresário brasiliense Bem Neto, ex-vice prefeito de Santo Antônio do Descoberto-GO, suplente de deputado estadual em Goiás e candidatíssimo a deputado distrital, com base nos votos da Região Metropolitana de Brasília. O empresário do mercado financeiro no DF, que começou sua história de vida, como seguidor do revolucionário Bispo Fragoso no Ceará, um dos maiores opositores da ditadura militar no nordeste brasileiro. “Com 18 anos de idade, enfrentamos a ditadura no Ceará, por meio de manifestações populares, como as que acontecem hoje em todo país. Acho que o povo não aguenta mais a corrupção e os desmandos da administração pública no Brasil. O povo exige mudança já”, disse Bem Neto.

O empresário explica que mudou-se para Brasília em 1976, quando não tinha eleições diretas do DF, o que o obrigou a lutar pela emancipação de Santo Antônio do Descoberto-GO, onde ele tem propriedade. O suplente de deputado estadual e, considerado um dos brasilienses melhor relacionados no Entorno, o empresário promete potencializar ainda mais, a candidatura do senador Rodrigo Rollemberg ao GDF. Para reforçar, ele inclusive, será candidato a deputado distrital. “Tenho pesquisas que mostram a insatisfação do povo com a Câmara Distrital. Morando há 37 anos em Brasília, fiz uma legião de amigos fiéis, que me incentivam no sentido de disputar uma vaga na Câmara Distrital pelo PSB, que é meu partido. O Rodrigo Rollemberg, tem uma trajetória vitoriosa, além de ser hoje, o político com maior trabalho em prol da Região do Entorno. Brasília não reconhece o Entorno e Goiânia despreza nossa região, que é fundamental para a consolidação de Brasília como capital do país. Acho que chegou a hora, do governador do Distrito Federal, administrar a cidade, de frente para a Região Metropolitana do DF. O Rodrigo quer isso. Eu estou com ele!”