Caravana da agricultura em Corumbá de Goiás

(André Clemente e Nilo Cerqueira)

Por: Walter Brito

O Governo Federal em uma parceria com o Governo de Goiás está fazendo uma revolução na Região Metropolitana de Brasília, no sentido de melhorar a qualidade de vida de seus cidadãos, por meio da fiscalização de todos os produtos que vão à mesa da população.

No dia 30 de Abril a reportagem acompanhou a Caravana da Agricultura comandada pelo superintendente do ministério da agricultura em Brasília, doutor Nilo Cerqueira, juntamente com o secretário do Entorno de Brasília, dr. André Clemente, com a participação dos prefeitos: Rosana Balestra Pereira da Silva - prefeita de Mimoso-GO; Vilmar Popular, prefeito de Planaltina de Goiás; e o prefeito Célio Fleury de Corumbá. Deram suporte técnico ao evento, o dr. Willibaldo Brás Salum representando o Ministério da Pesca e o dr. Thiago Lima do Nascimento, representando a Companhia Nacional de Abastecimento-CONAB.

O objetivo da caravana é o desenvolvimento rural por meio de ações que potencializam o desenvolvimento do campo e dão garantia aos consumidores da produção agrícola, de que estão consumindo produtos de qualidade, o que é fundamental para a saúde humana.

Foi abordado pelos técnicos do Ministério da Agricultura, a importância do selo de qualidade para todos os produtos consumidos pela população. Trata-se do Serviço de Inspeção Federal-SIF em nível nacional; Serviço de Inspeção Estadual-SIE em nível estadual e o Serviço de Inspeção Municipal-SIM em nível municipal. O referido sistema, inspeciona produtos da área animal e vegetal, como: carnes, ovos, pescados, mel, bebidas alcoólicas e não alcoólicas, etc.

Entrevistado pela reportagem, o dr. André Clemente secretário do Entorno do DF, disse o seguinte: “A presidenta Dilma Rousseff e o governador Marconi Perillo estão juntos e preocupados com a política de resultados, ou seja, uma política com eficiência de gestão. Nesse sentido tratamos de buscar por meio de reuniões temáticas nos 22 municípios da Região Integrada de Desenvolvimento do Entorno-RIDE, soluções para o desenvolvimento da agricultura, de forma sustentada, o que beneficiará os munícipes de toda Região Metropolitana de Brasília. Para isso, envolvemos diversos órgãos e a cada semana, damos um passo a favor do desenvolvimento rural. Vale ressaltar que o dr. Nilo Cerqueira, superintendente do Ministério da Agricultura, tem uma visão moderna sobre o assunto. O projeto em pauta trata-se também, da repressão e fiscalização dos produtos agrícolas, inclusive o combate efetivo da carne clandestina, o que representa 30% no país. Na Região do Entorno chega ao patamar de 60%. A nossa função nesse trabalho conjunto é orientar, bem como, dar condições ao produtor, que não deve ser visto como sonegador. Portanto, temos que orientá-lo a trabalhar dentro da legalidade. Por isso, a fiscalização efetiva e forte que está sendo implementada pelos técnicos do ministério da agricultura, em nossa região”.

Entusiasmado com os primeiros resultados da Caravana da Agricultura, o prefeito de Corumbá Célio Fleury disse: “Quero parabenizar o Governo Federal e o Governo de Goiás que estão mudando para melhor a agricultura em nossa região, que durante muitos anos foi conhecida como corredor da miséria. Hoje é o corredor da fartura. O dr. Nilo Cerqueira, superintendente do Ministério da Agricultura e o dr. André Clemente, secretario do Entorno do DF estão mostrando para nossos prefeitos, os caminhos das pedras, inclusive, quais os projetos que podemos apresentar para aquisição de recursos que desenvolverão nossa agricultura. Eles trouxeram os técnicos para nos orientar como elaborar os projetos. Trata-se de um grande incentivo ao poder público municipal e também aos nossos produtores, que estão sendo orientados a fazer a coisa certa. Quero ainda ressaltar, que o meu pai foi prefeito em nosso município há mais de 40 anos, ou seja, no inicio da década de 70. Nesta época, ele já se preocupava com a inspeção, no sentido de combater o abate clandestino. E mais, recentemente eu estava em um frigorífico da região, onde 54 animais seriam abatidos. Feita a inspeção, identificamos que 9 deles estavam com cisticercose (uma doença provocada pela ingestão de ovos da Taenia solium), o que poderá ser fatal para quem consome a carne. Por isso, os meus parabéns mais uma vez ao Projeto Caravana da Agricultura”, declarou.