O charme da candidatura de Bernadinho ao governo do Rio de Janeiro

(Aécio Neves contará com apoio de Bernadinho e Luciano Huck para presidente - foto)

Por: Walter Brito

Tal qual os Estados Unidos, que elegeram o cowboy Ronald Reagan para a Casa Branca e o exterminador Arnold Schwarzenegger para o governo da Califórnia, o PSDB promete eleger o ídolo do esporte e treinador das seleções de voleibol do Brasil (masculina e feminina), Bernado Rocha de Rezende, ou simplesmente Bernardinho, para o Palácio Guanabara.

Vale lembrar que o eleitorado do Rio de Janeiro, sempre votou de forma diferenciada dos demais estados da federação. O gaúcho Leonel de Moura Brizola, ex-governador do Rio Grande do Sul, saiu de seu estado natal para obter a maior votação de um deputado federal em todos os tempos, no Rio de Janeiro. Lá, Brizola se elegeu duas vezes governador e ajudou a eleger para Câmara Federal: o cantor Agnaldo Timóteo, o jornalista e militante do movimento negro, Carlos Alberto de Oliveira-Caó e o índio Juruna. Brizola colocou ainda no Senado da República, o dramaturgo e ativista social Abdias do Nascimento. A capital maravilhosa elegeu também, o polêmico jornalista Fernando Gabeira para a Câmara Federal. Gabeira que foi exilado político durante a ditadura militar e, tornou-se conhecido do povo carioca, ao vestir na praia de Ipanema uma sunga de crochê, na volta do exílio. Na última eleição, o Rio de Janeiro elegeu para a Câmara Federal, o ídolo do Vasco e da Seleção Brasileira, Romário, que promete ir para o Senado em 2014.

Caso o presidenciável Aécio Neves consiga a proeza de lançar o ídolo Bernadinho ao Governo do Rio de Janeiro, ele certamente passará à frente da presidenta Dilma nas pesquisas, nos três principais estados da Federação: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro (40% do eleitorado brasileiro). Na última pesquisa do IBOPE, já existia um empate técnico entre os dois. Bernadinho se entusiasma e parece que foi mordido pela mosca azul. Outro ídolo que apoia abertamente o Aécio Neves, é o apresentador de TV Luciano Huck. Recentemente o marido de Angélica, contou para seus telespectadores, que tinha esquecido a carteira de motorista em sua casa, quando foi abordado pela polícia. Ele reforçou dizendo que a coisa mais comum do mundo, trata-se de esquecer a habilitação em casa. O que é uma alusão ao próprio Aécio Neves, que foi pego sem a documentação no Rio de Janeiro.